Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vetores da Inutilidade

Poesia, Atualidade, Crítica, Opinião, Artes e Cultura. Um blog por João M. Pereirinha

Vetores da Inutilidade

Poesia, Atualidade, Crítica, Opinião, Artes e Cultura. Um blog por João M. Pereirinha

Os Bons Momentos

Contigo ao meu colo sentada

Não dá para pensar em mais nada,

Fizeste a minha vida girar

Numa onda onde me deixei afogar.

 

Aos poucos descobres o decote

E eu deixo cair a espada e o capote

Que me punham à defesa,

Deixo-me levar pelo deslumbre dessa beleza.

 

As tuas pernas são pecado

Do diabo nos jardins de Deus.

Os meus lábios encontram os teus

E o teu corpo entende o recado.

 

Paixão, calor, agressividade…

Tudo aumenta! Vividos de verdade,

Os bons momentos, deixam (sempre) Saudade.

 

João Pereirinha

28 de Junho de 2010