Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vetores da Inutilidade

Poesia, Atualidade, Crítica, Opinião, Artes e Cultura. Um blog por João M. Pereirinha

Vetores da Inutilidade

Poesia, Atualidade, Crítica, Opinião, Artes e Cultura. Um blog por João M. Pereirinha

Rimas... soltas...

Não me olhes assim,

Pois é escusado

Usares em mim
O teu punho fechado.

 

Até que te invejo

Nessa tua forma de ser,
Que sem saber

Não tem vontade de saber!

 

Na acção (és) impulsivo,

Mas nada ganhas em ser

Dessa forma agressivo.

Mais tens a perder

Do que esperas vencer.