Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Vetores da Inutilidade

Poesia, Atualidade, Crítica, Opinião, Artes e Cultura. Um blog por João M. Pereirinha

Vetores da Inutilidade

Poesia, Atualidade, Crítica, Opinião, Artes e Cultura. Um blog por João M. Pereirinha

Irresponsável

O irresponsável momento incontornável, com claraboia à luz premiável, foi a facada do teu argumento que deixou sem acento o grito do meu lamento!   Foi o que sei, aprendi no que vi, melhor fiquei do que aqui.

Os Bons Momentos

Contigo ao meu colo sentada Não dá para pensar em mais nada, Fizeste a minha vida girar Numa onda onde me deixei afogar.   Aos poucos descobres o decote E eu deixo cair a espada e o capote Qu (...)

O que eu não te digo

Podia até nem ser nada   poderia eu até mentir,   poderia eu fingir   e a verdade omitir,   podia só não ser nada.       Mas como nada,   nada é, não posso aldrabar   as coisas e (...)